PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Plataformas oferecem cursos gratuitos de renomadas universidades do mundo



Plataformas oferecem cursos gratuitos de renomadas universidades do mundo

eaulas.jpg
Há um mês, a USP oferece videoaulas sobre os mais variados assuntos
Foto: reprodução
Um clique. Esta é a distância mais próxima entre sua casa e as aulas das universidades mais conceituadas do mundo, de Harvard até a USP (Universidade de São Paulo). Além das videoaulas, famosas desde a Khan Academy, uma nova plataforma promete modificar o modo como se estuda na internet. Os denominados MOOC’s (Massive Online Open Course, algo como cursos on-line, gratuitos e em grande escala) vieram para ficar e novas iniciativas brotam em todos os cantos da web.
As pessoas que usam a internet em busca de cursos gratuitos e on-line para complementar ou substituir o ensino tradicional têm até uma expressão própria: "edupunk".
Os cursos são acessíveis a qualquer pessoa ao redor do globo que queira saber mais sobre determinando assunto e, o melhor, gratuitamente. E há MOOC’s de todos os tipos e gostos: desde videoaulas didáticas para simplificar um assunto até um curso inteiro, com diversas aulas de duas horas de duração cada e direito a certificado no final.
As iniciativas são tantas, que já existe até uma plataforma para agregar o máximo de aulas possíveis em um só lugar. É só escolher o seu curso.
Apesar das facilidades de acesso, a maior parte das iniciativas na área ainda necessita que o internauta domine a língua inglesa. Entretanto, alguns dos sites já começam a legendar as aulas em português e algumas universidades brasileiras já estão disponibilizando seus conteúdos na internet.
Por aqui 
A mais recente foi a USP, que há pouco menos de um mês lançou o E-Aulas. O site ainda não oferece cursos inteiros abertos, tais quais os sites mais populares na área, como o Coursera e o edX. O canal da universidade paulista produz videoaulas mais curtas, produzidas pelos próprios professores. Já são mais de 900 aulas, sendo que a maior parte na área de ciências. A expectativa é que o canal receba mais vídeos ao longo do semestre e, futuramente, possa expandir a ferramenta para agregar cursos inteiros.
A Universidade Estadual de São Paulo também tem uma plataforma de ensino à distância gratuita. Trata-se do Unesp Aberta, ambiente de aprendizagem lançado em junho, que utiliza a plataforma Moodle. O site possui um grande acervo disponível de vídeos e livros digitais. Desde o lançamento, já reuniu quase 10 mil cadastrados.
 
E há até quem se arrisque a explicar assuntos complexos sozinho. Desde 2008, o Manual do Mundo está na web. É um canal no Youtube que reúne vídeos criados pelo jornalista Inarê Thenório, nos quais ele mesmo ensina, didaticamente, experimentos práticos nas áreas de biologia, química, matemática, física. Os ensinamentos vão desde como a colorir as flores a como acender lanterna usando limão.
Conheça as principais plataformas de compartilhamento de conteúdo:
  • Coursera – De composição musical até o misticismo moderno europeu e pensamento psicológico. A plataforma oferece diversos cursos oriundos de 33 instituições de países como Hong Kong, Austrália, Israel e Inglaterra, além dos EUA e do Canadá. Os brasileiros já são os vice-líderes dos usuários da plataforma, com 5,8% dos inscritos (o campeão mesmo é os Estados Unidos, com 38,5% do total). Atualmente, o Coursera possui mais de 1,3 milhão de inscrições.
  • EdX - É uma plataforma on-line aberta que oferece cursos gratuitos de nível universitário e é formado, por enquanto, por três universidades americanas: MIT, Harvard e UC Berkeley. A plataforma oferece vídeos, quizzes, resultados de notas e interação com comunidades de estudantes. Os cursos on-line emitem certificado de conclusão, não equivalente a um diploma, assinado por alguma das universidades no final gratuitamente.
  • MIT Open Courseware – Foi a plataforma-mãe que deu origem ao EDx. Esta reúne conteúdos produzidos por alunos e professores do MIT e, além de aulas gravadas, permite aos interessados poderão conferir material usado pelos professores em sala.
  • Udacity – Também referência em MOOC, o Udacity oferece cursos gratuitos na wab. A diferença é o foco: com ênfase nas ciências exatas, as 11 opções de cursos se situam nas áreas de ciência da computação, física e estatística.
  • Khan Academy – Pioneira no ramo de videoaulas gratuitas, a Khan Academy disponibiliza vídeos curtos e didáticos sobre determinado assunto. O site conta ainda com um módulo de exercícios e um painel que permite ao usuário acompanhar seu desempenho. Todo conteúdo é aberto. Recentemente, o site ganhou uma versão em português e parte dos vídeos de Aritmética, Biologia, Química e Física já foram traduzidos para o português.
  • Classroom TV – Recém-lançado, o Classroom TV, é um agregador de videoaulas. Assim, é possível encontrar desde horas de aulas completas até os vídeos didáticos da Khan Academy. O site já possui mais de 10.000 videoaulas gratuitas de grandes universidades do mundo. A plataforma promete incluir, em breve, instituições brasileiras e versão em português. A plataforma oferece ainda ferramentas interessantes, ao permitir que o usuário marque o ponto onde teve dúvida, insira uma pergunta ou comente o conteúdo, por exemplo.
  • Class2go – Se o Classroom TV agrega em um só lugar diversos conteúdos, o Class2go oeferece justamente a possibilidade de qualquer pessoa no mundo criar gratuitamente seu próprio curso on-line. A plataforma de código aberto permite que os usuários agreguem vídeos e questionários interativos.


MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN