PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Síntese da coleção História Geral da África

Síntese da coleção História Geral da África


© UNESCO

Como forma de reconhecer a influência da história e da cultura africanas na sociedade brasileira, a UNESCO no Brasil, a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Integração do Ministério da Educação (MEC/SECADI) e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) desenvolvem o Programa Brasil-África: Histórias Cruzadas, cujo principal objetivo é dar visibilidade e reconhecimento à intersecção das histórias africana e brasileira, transformando e valorizando positivamente as relações entre os diferentes grupos étnico-raciais que constituem o Brasil.

A primeira ação desenvolvida pelo Programa foi a tradução para o português da Coleção História Geral da África da UNESCO. Em resposta à promulgação da Lei n° 10.639 de 2003, a qual orienta que os sistemas de ensino devem incluir a história da cultura afro-brasileira e africana na educação básica, o Programa Brasil-África: Histórias Cruzadas inicia o processo de produção de materiais pedagógicos para todos os níveis educacionais, sendo o primeiro produto a “Síntese da coleção História Geral da África”.
A síntese, publicada em dois volumes, pretende fornecer subsídios para pesquisadores e estudantes, bem como para a prática pedagógica de professores responsáveis pela educação básica, com o objetivo de ampliar seus conhecimentos em relação à história e a cultura africana. O volume 1, dividido em quatro capítulos, contém, de forma criteriosa, o resumo dos temas publicados nos quatro primeiros volumes da edição completa da coleção HGA, abordando os períodos desde a pré-história até o século XVI. O volume 2 aborda os temas tratados nos quatro últimos volumes da edição completa da coleção, abrangendo desde o século XVI até o século XX. 
Brasília: UNESCO, MEC, UFSCar, 2014. 2v.
Downloads gratuitos:

http://unesdoc.unesco.org/images/0022/002270/227008POR.pdf



Produção de materiais pedagógicos sobre a história e a cultura da África e afro-brasileira

Respondendo às expectativas dos países africanos de adaptar os conteúdos da Coleção História Geral da África para atividades escolares, a UNESCO está preparando uma série de materiais pedagógicos com vistas a aprimorar o conhecimento dos professores e estudantes africanos a respeito de sua própria história e cultura.
O objetivo é contribuir para a renovação do ensino da história dos países africanos e promover o processo de integração regional lançado pela União Africana. A ideia é elaborar conteúdos para uso na educação básica de todo o continente, bem como produzir guia para professores. Um  comitê científico, composto por dez integrantes oriundos das cinco regiões africanas, foi criado para orientar a produção do material.
Iniciativa brasileira
No Brasil, a Representação da UNESCO, em parceria com a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação (SECADI/MEC) e a Universidade Federal de São Carlos está elaborando  materiais pedagógicos sobre história e cultura africana e afro-brasileira, direcionados para professores e estudantes vinculados à Educação Básica brasileira.
Serão disponibilizados, entre outros: 
  • Síntese da Coleção da História Geral da África
  • Livros sobre história e cultura africana e afro-brasileira para professores da educação básica:
  • Guia de orientações para o uso da Coleção História Geral da África
  • Portal com ferramentas interativas para professores e alunos da educação básica
  • Atlas geográfico contendo a cartografia do continente africano e de sua diáspora.  

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN