PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

terça-feira, 19 de novembro de 2013

I ENCONTRO DIVERSIDADES EM SAÚDE: NATAL CONSTRUINDO A EQUIDADE EM BUSCA DA CIDADANIA...













PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

DATA: 20.11.13                                      HORÁRIO: 08h00 às 13h30                                   LOCAL: IFRN Cidade Alta

I ENCONTRO DIVERSIDADES EM SAÚDE: NATAL CONSTRUINDO A EQUIDADE EM BUSCA DA CIDADANIA
PROGRAMAÇÃO

PROMOÇÃO DA EQUIDADE EM SAÚDE
A redução das desigualdades sociais é uma das mais importantes diretrizes que orientam as políticas do atual governo brasileiro. As desigualdades em saúde persistentes e passiveis de ação de mudança são chamadas também de iniqüidades. Sobre esse assunto, o Ministério da Saúde e as demais esferas de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) vem atuando, por meio de seus respectivos pactos, implementando metas sanitárias.

Estas políticas buscam incorporar as causas que determinam os processos de saúde e as condições de vida, resguardando os limites do setor saúde e desafiando as praticas inter setoriais como reais produtoras de mudanças no nível de saúde dos grupos sociais. Consideram-se como causas determinantes da saúde: as condições de classe social, escolaridade, segurança alimentar, acesso a serviços e bens públicos que constituem a qualidade de vida, assim como a discriminação que ainda prevalece na sociedade, especialmente, o racismo, a homofobia e a misoginia.

O objetivo comum destas políticas se insere na concepção da justiça social nas quais as iniqüidades em saúde possam ser tratadas além das desigualdades e das diferenças culturais e étnicas entre os diversos grupos. Esse enfoque, além de caracterizar os diferentes tipos de iniqüidades em saúde, remete ao campo político da incorporação de valores éticos e morais explícitos na solidariedade como base do tecido social.


1º MOMENTO
8h00

ü  Acolhimento – Momento Cultural: Congo de Calçola da Vila de Ponta Negra
ü  Mesa de Abertura: Secretário Municipal de Saúde; Abigail Reis (SEGEP – MS); Stella Chelbi (PNH – Frente de Movimentos Sociais); Representante SESAP.

2º MOMENTO
8h45

ü  Mesa redonda – Dificuldades e demandas em saúde E EQUIDADE   - população em situação de rua; povos dos terreiros. Omo orixa Fernandes Olufã - coordenação colegiada da comissão de povos tradicionais de terreiro do RN E REDE MANDACARU BRASIL

MOMENTO
09h30

ü  A questão da diversidade e os desafios de construir equidade na saúde. Prof. Alípio de Sousa Filho, Dr. Depto. de Ciências Sociais – UFRN
ü  Debate

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN