PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

RELATO DE AGRESSÃO DA POLICIA MILITAR DO 7º BATALHÃO DE SÃO JOSÉ/SC. - REDE MANDACARU BRASIL combate ao racismo a intolerancia e discriminação seja xenofobica, homofobica, religiosa e de qualquer natureza...


Se você não sabe quem é negro no Brasil.
Pergunte aos policias desta ocorrencia em São José - SC
Lalau/SC
MAIS UM RELATO DE AGRESSÃO DA POLICIA MILITAR DO 7º BATALHÃO DE SÃO JOSÉ/SC.
No dia 09 (Sábado) do mês 09 (Setembro), às 02h00min da manhã estava acontecendo uma festa de aniversário no endereço: Rua Edberto de Oliveira,1388,Monte Cristo Florianópolis. Este endereço é de uma família negra e, portanto todas as pessoas que  participavam da festa eram negras.
Quando uma viatura da Policia Militar chegou ao local, e pediu para que os donos da casa desligassem o som, como a festa já estava no final, acatamos o pedido da Policia, mas eles falaram que a gente até podia aumentar o som, mas caso eles voltassem ali, eles iriam levar o som e o “negócio” ia ficar pior. Os convidados da festa ficaram revoltados com a forma agressiva de abordagem do Policial. Um dos convidados falou para o Policial que eles não precisavam ameaçar pessoas trabalhadoras e de bem,e disse para o Policial que ele deveria ter mais o que fazer; o Policial disse: agora vocês vão ver o que é trabalhar e chamou reforço Policial,chegaram no local mais 3 viaturas. Cujos números são: 3225, 3223, 3511, 4594 todas do 7º batalhão de Policia.
Enquanto,um senhor  conversava com um Policial. Outro Policial aproximou-se e sem fazer nenhum questionamento jogou spray de pimenta no rosto dele. O senhor tem uma deficiência na perna, em função de 3 derrames. Enquanto isso os demais Policiais começaram a atirar com arma de fogo e de borracha, bombas de efeito moral contra as pessoas que ali estavam, e por sua vez as pessoas começaram a correr, inclusive crianças e adolescentes e pessoas de mais idade. Uma adolescente foi atingida com uma bala de borracha nas nadigas e a Jovem outra foi atingida, na perna por uma bomba que provocou  ferimentos em sua perna.
Usaram expressões racistas e ofensivas como:
Seus Lixos, macacos, urubus, putas para as mulheres e falaram também que aquilo ali não  eram uma festa de família e sim um Cabaré.
Um dos Policiais falou: Eu nunca matei ninguém com uma 12 mas hoje eu quero matar.
A aniversariante, não pode correr com as demais pessoas por que lembrou que seus filhos de 3 anos e outra de 4 meses estavam dentro da casa,e como os Policias falaram que iriam atirar pra tudo quando era lado,ela ficou com medo que seus filhos fossem atingidos. Ficou paralisada entre a casa e as armas dos policiais. Aproveitando - se desta situação jogaram spray de pimenta em seu rosto exigindo que ela levantasse. Como não conseguiu levantar, os Policiais começaram a ofendê-la de Macaca, puta e apontaram para ela uma arma de calibre 12 de borracha e outra arma de calibre 0.40(Pistola).
Logo depois 3 Policias invadiram a casa com muita agressividade e ofendendo todos que ali estavam, levaram duas caixas de som de dentro da casa. Permaneceram durante 01h30minh (uma hora e trinta minutos) torturando com ameaças, jovens, crianças, mulheres e idosos. Após a saída dos policiais, recolhemos algumas cápsulas de bala de borracha e de 0.40 deflagrados e também restos de bomba de efeito moral.  Existem 3 casas de comercio próximo da casa, que possuem sistema de câmara de segurança, mas não quiseram disponibilizar. Em anexo, Boletins  de Ocorrências, fotos e Registro da denuncia que fizemos junto ao 7º Batalhão na Corregedoria do mesmo.Foi entregue para o agente Policial 3 cápsulas de 12(borracha) e uma cápsula de 0.40(Pistola) deflagradas. Não foi possível o recolhimento de todo arsenais usados, pois as 5 horas da manhã os policiais voltaram e recolheram parte do material.
Conclamamos a todos que lutam contra o racismo e a violência Policial e lutam por uma sociedade de justiça e igualdade que mandem para seus contatos essa denuncia para que esses Policiais sejam punidos e para que outros jovens, mulheres, criança não sejam mais vitimas desses bandidos de fardas.
INFELIZMENTE USAM A INSTITUIÇÃO PARA SEUS PROPRIOS MERITOS E PENSAMENTOS E ACABAM POR COVARDIA E ARMADOS E USANDO O PODER COERCITIVO QUE O ESTADO IMPOE PELO FATO DE REPRESENTAREM A POLICIA PARA AÇÕES DESTA NATUREZA AQUI NO RN TEMOS VARIOS CASOS INCLUSIVE ACONTECEU COMIGO NA COMUNIDADE GUARAPES  E COM MEUS FAMILIARES NAS COMUNIDADES DE LAGOA AZUL, COMO NAO LEMBRAR OS CASO DE MAE LINDALVA, MAE JANE DE IEMANJAR, IA CREMILDA, BABA ADERBAL, MAE SONIA DE ANINHA AGILO, O FILHO DE SANTO E  ALUNO DA ESCOLA NO NOVA NATAL, IAO ALUNO DO IFRN AQUI DE NATAL E AGORA ULTIMO IAO ALEXANDRE DE OXUN DE SENADOR ELOI DE SOUZA E TANTOS OUTROS... QUE ACOMPANHAMOS...
repassando informações discriminação racial - REDE MANDACARU BRASIL combate ao racismo a intolerancia e discriminação seja xenofobica, homofobica, religiosa e de qualquer natureza...

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN