PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

sábado, 14 de abril de 2012

O Rio Grande do Norte conta, atualmente, com apenas 47 leitos de UTIs neonatais e 27 leitos pediátricos ativos. Porém, de acordo com as denúncias de Mineiro e da deputada Márcia Maia (PSB), existem 12 leitos prontos para utilização no Hospital Santa Catarina, mas que estão inativos devido à falta de profissionais. O Governo afirma que não há verbas para contratação de profissionais.

A morte de uma criança devido à falta de leitos pediátricos no Hospital Maria Alice Fernandes, ocorrida no sábado passado, foi tema de cobranças realizadas pelo deputado Fernando Mineiro (PT) na plenária da Assembleia Legislativa desta terça-feira, 11.

O Rio Grande do Norte conta, atualmente, com apenas 47 leitos de UTIs neonatais e 27 leitos pediátricos ativos. Porém, de acordo com as denúncias de Mineiro e da deputada Márcia Maia (PSB), existem 12 leitos prontos para utilização no Hospital Santa Catarina, mas que estão inativos devido à falta de profissionais. O Governo afirma que não há verbas para contratação de profissionais.

De acordo com Fernando Mineiro, tais casos são resultado da ineficiência do Governo Rosalba/DEM em administrar os recursos para áreas mais importantes, como a saúde. “O argumento do Governo de que não possui verba para contratar pessoal é totalmente inválido. O Governo escolhe o que quer fazer. Um exemplo é o Hospital da Mulher de Mossoró, que apesar de ser uma estrutura muito importante, passou por cima de todos os procedimentos legais mesmo com a falta de recursos”, criticou. “Deve-se ter clareza ao manejar os poucos recursos, mas o Governo não tem nenhuma”, completa.

Mineiro é um dos principais críticos quanto à gestão recursos que o Governo Rosalba faz. O deputado, que tem acompanhado as principais mudanças orçamentárias da gestão, acusa o governo de fazer “caixa” com o superávit de R$ 139 milhões apresentado nas contas do Estado.


“A Assembleia deve atuar desde já. Vamos aproveitar que a comissão de finanças foi formada para começar a determinar as questões orçamentárias para este assunto”, comentou.

Audiência
O deputado Fernando Mineiro aproveitou para relembrar que nesta tarde haverá uma Audiência Pública para discutir o processo de terceirização dos serviços do Hospital da Mulher de Mossoró. Mineiro fez denuncia de que o Governo do Estado firmou contrato sem licitação com a empresa Marca para realização dos serviços. A Audiência acontecerá a partir das 15h, no plenarinho da AL.

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN