PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Com humildade sou também do tempo....


 
Sou do tempo que Orixá era a grade estrela o terreiro, onde Yawo virava com uma tampa de panela que caiu no chão, o champagne que estourou, a galinha da Angola que cantou... Sou do tempo que falar a saudação do orixá era motivo pra Yawo virar. Sou do tempo que Egbomý virava quando o zelador chamava o santo ou quando a cantiga era entoada e cantada por algum cargo da casa... EU SOU DO TEMPO QUE ORIXÁ ERA ESTRELA! Na minha casa ainda é assim, não me envergonho de por minha cabeça no chão pra orixá, ainda que este seja de um filho meu ou Yawo que seja, pois não importa em quem ele se manifesta, seja no yawo ou na egbomý ele será o mesmo orixá com a mesma força!
Hoje em dia quando um orixa vira já se pega ele pelo braço ou pelo Mókán e já se leva pra desvirar, ou é posto num canto e fica lá "cozinhando" pois não é respeitado, eu fico triste com isso... Orixá não vira atoa, ele tem um motivo!
Não tem cantiga certa e Hora certa pra ele virar, ele vira quando quer e não temos que Obrigá-los a vir ou desvirá-los sem motivos, DEIXE O ORIXÁ LIVRE! DEIXE ELE SER O QUE ELE É!
Orixá é vida e é força, não devemos dispensar uma visita deles. Ser agraciado com uma manifestação não é pra reclamar é pra agradecer pelo privilégio de ter no nosso solo uma divindade manifestada!
Texto Fonte : Jô Souza
~Lik Kaitumbá~




 Com humildade sou também do tempo....

Tempo da simplicidade da chita, de casa com terra batida e metade do terreiro de taipa... quando se você responde-se alguma coisa a palmatora de xango estava pronto para o bolo na mão e quando você chgava em casa apanhava de novo para respeitar a mais velha...Quando até com a pancada do vento e a quebrada de uma chuva ou sereno orixa passava...Saudades do pé no chão e do ficar sempre menor para seus irmãos mais velhos imagine para as mães e pais...Saudades quando comiamos com a mão de raposinha e tomamos água doce ou refresco de fruta colhida no quintal...Quando rolete de cana na casca era comida de exu e de ere... E quando jogar de apoito era sinônimo de fundamento nas casas no meio do salão...saudades.....Tempos bons...Quando a romaria de sete paôs era um fundamento importante para quebra de quizilas e quelê....Emfim saudades de você veia que um dia aprendi a chamar de mãe....

Omo Orixa fernandes josé olufã....

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN