PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

NOTA DE ESCLARECIMENTO TEATRO SANDOVAL WANDERLEY e Sobre o futuro teatro da Zona Norte

NOTA DE ESCLARECIMENTO TEATRO SANDOVAL WANDERLEY

Diante da interdição do Teatro Alberto Maranhão, de responsabilidade do Governo do Estado, a Prefeitura do Natal vem a público fazer esclarecimentos sobre a situação do Teatro Sandoval Wanderley, situado no bairro do Alecrim e do futuro teatro a ser construído na Zona Norte de Natal.

Sobre o Sandoval Wanderley
Na primeira gestão do prefeito Carlos Eduardo, o Teatro Sandoval Wanderley passou por uma ampla reforma elétrica, hidráulica, estrutural e também aquisição de equipamentos acústicos além de uma sala para ensaios da Banda Sinfônica de Natal.
Tamanha obra feita entre os anos de 2005 e 2006 proporcionou que o Sandoval Wanderley abrigasse durante quatro anos (2005 a 2008) espetáculos e projetos como “Pixinguinha”, “Sexta da Viola”, “Retratos Sonoros”, “Danças Potiguares”, “Poemúsica” e diversas datas comemorativas como o Dia do Teatro e apresentações de grupos e figuras emblemáticas do teatro brasileiro e dos potiguar.
A partir de 2009, a gestão que sucedeu ao prefeito Carlos Eduardo fechou o Teatro Sandoval Wanderley durante quatro anos, deixando sem condições de utilização este equipamento.
A partir de 2013, paralelo às ações de retomada do Calendário Cultural da Cidade e da elaboração de 18 editais para todos os segmentos produtivos de cultura em Natal, a Prefeitura do Natal iniciou os tramites legais de readequações necessárias e os outros estudos para reabrir o Sandoval Wanderley depois de quatro anos de abandono.
O Sandoval Wanderley foi deixado com problemas que vão desde as estruturas elétricas e hidráulicas, segurança e equipamentos básicos como o ar condicionado central e mobiliário, dentre ouros inúmeros problemas.
O Município de Natal refez todos os estudos, orçamentos e adequações exigidas pelo Corpo de Bombeiros com a participação de técnicos da Secretaria de Obras. O processo para convênio com o Ministério da Cultura também foi cumprido nestes anos.
Hoje, custo total para reabrir o Sandoval Wanderley é de R$ 1.219.187,86 (um milhão, duzentos e dezenove mil, cento e oitenta e sete reais e oitenta e seis centavos), valor este que o município não dispõe no momento e por isso busca parcerias com o Ministério da Cultura para entregar a população este patrimônio tão importante para todos.

Sobre o futuro teatro da Zona Norte
Na área de lazer do Centro Cultural Francisco das Chagas Bezerra, no conjunto Panatis, Zona Norte de Natal, a Prefeitura do Natal pretende construir um teatro moderno, com características de teatro multi uso. O projeto  arquitetônico, hidráulico e elétrico está pronto.
Era intenção da Prefeitura do Natal licitar esta obra ainda em 2015, mas a grave crise financeira que assola o País inviabilizou este certame ficando para um segundo momento a realização desta obra.

Atenciosamente,
Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte)
Secretaria Municipal de Cultura

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN