PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

NOTA DE ESCLARECIMENTO TEATRO SANDOVAL WANDERLEY e Sobre o futuro teatro da Zona Norte

NOTA DE ESCLARECIMENTO TEATRO SANDOVAL WANDERLEY

Diante da interdição do Teatro Alberto Maranhão, de responsabilidade do Governo do Estado, a Prefeitura do Natal vem a público fazer esclarecimentos sobre a situação do Teatro Sandoval Wanderley, situado no bairro do Alecrim e do futuro teatro a ser construído na Zona Norte de Natal.

Sobre o Sandoval Wanderley
Na primeira gestão do prefeito Carlos Eduardo, o Teatro Sandoval Wanderley passou por uma ampla reforma elétrica, hidráulica, estrutural e também aquisição de equipamentos acústicos além de uma sala para ensaios da Banda Sinfônica de Natal.
Tamanha obra feita entre os anos de 2005 e 2006 proporcionou que o Sandoval Wanderley abrigasse durante quatro anos (2005 a 2008) espetáculos e projetos como “Pixinguinha”, “Sexta da Viola”, “Retratos Sonoros”, “Danças Potiguares”, “Poemúsica” e diversas datas comemorativas como o Dia do Teatro e apresentações de grupos e figuras emblemáticas do teatro brasileiro e dos potiguar.
A partir de 2009, a gestão que sucedeu ao prefeito Carlos Eduardo fechou o Teatro Sandoval Wanderley durante quatro anos, deixando sem condições de utilização este equipamento.
A partir de 2013, paralelo às ações de retomada do Calendário Cultural da Cidade e da elaboração de 18 editais para todos os segmentos produtivos de cultura em Natal, a Prefeitura do Natal iniciou os tramites legais de readequações necessárias e os outros estudos para reabrir o Sandoval Wanderley depois de quatro anos de abandono.
O Sandoval Wanderley foi deixado com problemas que vão desde as estruturas elétricas e hidráulicas, segurança e equipamentos básicos como o ar condicionado central e mobiliário, dentre ouros inúmeros problemas.
O Município de Natal refez todos os estudos, orçamentos e adequações exigidas pelo Corpo de Bombeiros com a participação de técnicos da Secretaria de Obras. O processo para convênio com o Ministério da Cultura também foi cumprido nestes anos.
Hoje, custo total para reabrir o Sandoval Wanderley é de R$ 1.219.187,86 (um milhão, duzentos e dezenove mil, cento e oitenta e sete reais e oitenta e seis centavos), valor este que o município não dispõe no momento e por isso busca parcerias com o Ministério da Cultura para entregar a população este patrimônio tão importante para todos.

Sobre o futuro teatro da Zona Norte
Na área de lazer do Centro Cultural Francisco das Chagas Bezerra, no conjunto Panatis, Zona Norte de Natal, a Prefeitura do Natal pretende construir um teatro moderno, com características de teatro multi uso. O projeto  arquitetônico, hidráulico e elétrico está pronto.
Era intenção da Prefeitura do Natal licitar esta obra ainda em 2015, mas a grave crise financeira que assola o País inviabilizou este certame ficando para um segundo momento a realização desta obra.

Atenciosamente,
Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte)
Secretaria Municipal de Cultura

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN