PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

domingo, 26 de maio de 2013

CARAVANA DE MOBILIZADORES DE VARIAS INSTITUIÇÕES FAZEM VISITA TECNICA A APAC MACAU - FRATERNIDADE DE APOIO AO CONDENADO NOS DA REDE MANDACARU ESTIVEMOS PRESENTE COM EM DELGAÇÃO....


CARAVANA DE MOBILIZADORES DE VARIAS INSTITUIÇÕES FAZEM VISITA TECNICA A APAC MACAU - FRATERNIDADE DE APOIO AO CONDENADO NOS DA REDE MANDACARU ESTIVEMOS PRESENTE COM EM DELGAÇÃO....
O ADVOGADO  E  EDUCADOR SOCIAL  CLAUDIO E EU DA REDE MANDACARU  MAIS A DIREITA, ENTRE OUTROS REPRESENTANTES DE VARIAS INSTITUIÇÕES.....
A REDE MANDACARU A VARIOS CAMINHA DENTRO DO SISTEMA PENITECIARIO DESDA EPOCA DA ANTIGA JOAO CHAVES JA ENCAMINHAMOS PROJETO DE MAOS ESTENDIDAS, ACOMPANHAMENTO DE REMISSÃO E E ULTIMO ACOMPANHAMOS PLANO OPERATIVO DO SISTEMA PENITENCIARIO DO ESTADO E DA CIDADE DO NATAL ENTRE OUTRAS AÇÕES PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTOS SUSTENAVEL DO BANCO DO BRASIL.... E EXPERIENCIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS DENTRO DO SISTEMA PENITENCIARIO COM RECORTE ETNICO RACIAL E DIVERSIDADES....





BEM VINDO !
Sentimo-nos felizes em receber sua visita.
Aqui você poderá navegar e conhecer melhor o método da APAC, como é o funcionamento e o desenvolvimento das atividades dos recuperandos, saber porque o método é hoje acolhido internacionalmente e tem sido reconhecido como eficaz na recuperação de condenados.
Poderá conhecer os princípios, que com o auxílio dos irmãos empenhados em realizar a obra Cristã, do amor, da esperança, da mudança e acima de tudo cumprindo fielmente com a lei de execução penal sobre os direitos e deveres dos condenados.
Além disso, você poderá se inteirar sobre os eventos e ficar por dentro de como se tornar um parceiro e voluntário nessa obra de Deus.

A APAC - Associação de Proteção e Assistência aos Condenados é uma grata novidade... para mim, pois já existe há um pouco mais de 40 anos, com as experiências iniciais em São José dos Campos/SP. Há quase 3 anos está com uma pequena unidade em Macau/RN, que conheci ontem (25/maio/2013).

Uma das frases mais claras que sustentam a sua filosofia é "Todo homem é maior que o seu erro".

Até onde consegui entender (ainda vou estudar mais), propõe ser um espaço onde o condenado pela Justiça seja tratado efetivamente como recuperando, com obrigações a cumprir, que são muitas, e direitos a serem respeitados ao longo da execução de sua pena.

Com uma rotina diária rígida, determinada por horários e atividades a serem obedecidos, está longe de ser um espaço conivente com o criminoso do passado, mas estritamente comprometido com o cidadão do futuro que, retornando ao convívio pleno na sociedade, espera-se ser um membro ativo e consciente de suas responsabilidades.

A imagem permanentemente apresentada do sistema prisional oficial é chocante, sem dúvida! A tal ponto, que nos motiva a imaginar que não tem solução. Ou que as soluções tão comumente debatidas (legitimação ou justificação dos mau tratos, pena de morte etc.) são as únicas.


O mais chocante para mim, depois deste sábado, é saber que existem opções, que existem experiências exitosas, mas terminantemente ignoradas pela sociedade. Chocante!















No dia 11 de janeiro, com a ajuda da Comunidade Terapêutica Santo Antônio do Monte foi implantado os “DOZE PASSOS” do Grupo NA (Narcóticos Anônimos), no regime fechado da APAC de Itaúna.
Narcóticos Anônimos encoraja seus membros a se manterem abstinentes de qualquer droga, inclusive o álcool, mesmo outras substâncias que não eram de escolha daquela pessoa. Entretanto, o único requisito para se tornar membro de NA é "um desejo de parar de usar" drogas. A experiência de membros de NA tem mostrado que a completa e contínua abstinência é a melhor base para a recuperação e o crescimento pessoal.
Os Dozes Passos:
1º. Admitimos que éramos impotentes perante a nossa adicção, que nossas vidas tinham se tornado incontroláveis.
2º. Viemos a acreditar que um Poder maior do que nós pode devolver-nos à sanidade.
3º. Decidimos entregar nossa vontade e nossas vidas aos cuidados de Deus, da maneira como nós o compreendíamos.
4º. Fizemos um profundo e destemido inventário moral de nós mesmos.
5º. Admitimos a Deus, a nós mesmos e a outro ser humano a natureza exata das nossas falhas.
6º. Prontificamo-nos inteiramente a deixar que Deus removesse todos esses defeitos de caráter.
7º. Humildemente pedimos a Ele que removesse nossos defeitos.
8º. Fizemos uma lista de todas as pessoas que tínhamos prejudicado, e dispusemo-nos a fazer reparações a todas elas.
9º. Fizemos reparações diretas a tais pessoas, sempre que possível, exceto quando fazê-lo pudesse prejudica-las ou a outras.
10º. Continuamos fazendo o inventário pessoal e, quando estávamos errados, nós o admitíamos prontamente.
11º. Procuramos, através de prece e meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, da maneira como nós O compreendíamos, rogando apenas o conhecimento da Sua vontade em relação a nós, e o poder de realizar essa vontade.

12º. Tendo experimentado um despertar espiritual, como resultado destes passos, procuramos levar esta mensagem a outros adictos e praticar estes princípios em todas as nossas atividades.

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN