PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Escândalo dos medicamentos vencidos completa três anos de impunidade


"mediocridade e uma marca dos gestores publicos na sua grande maioria que administram os entes publicos como se fossem suas fazendas o coronelismo e o feudalismo continuam sempre e perpetuados PENSEM EM QUEM VOSSAS SENHORIAS VAO VOTAR GENTE"...
FERNANDES JOSE - AUTOR DA CITAÇÃO...


Escândalo dos medicamentos vencidos
completa três anos de impunidade


As imagens das dezenas de caixas com medicamentos vencidos e estragados na Secretaria Municipal de Saúde, que foram exibidas em rede nacional, completam neste mês de abril três anos. Mas, apesar das investigações realizadas e das denúncias formuladas pelo Ministério Público, ninguém foi punido até agora.

Nesta terça-feira (17), o deputado federal Rogério Marinho (PSDB) lamentou a impunidade registrada no caso, mas garantiu acreditar que a Justiça ainda será feita. Ao relembrar o episódio, o parlamentar afirmou que a situação mostrou o “descaso, o descompromisso e a falta de vontade gerencial e política no trato correto com a saúde pública”. A crítica do deputado foi feita durante o programa Pensar Natal, exibido pela 96FM.

Ao todo, quase 1 tonelada de medicamentos foram jogados no lixo, escândalo causado ainda durante a gestão do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). Segundo  O DEPUTADO Rogério Marinho, a administração anterior foi “medíocre e não conseguiu atender aos graves problemas da atenção básica” de Natal. "mediocridade e uma marca dos gestores publicos na sua grande maioria que administram 

Recentemente, o Ministério Público pediu a condenação dos dois últimos secretários de Saúde da administração do pedetista, Aparecida França e Edmílson Albuquerque, além da devolução de quase R$ 4 milhões devido ao prejuízo.


Mais informações
Danilo Sá
Assessor de imprensa do deputado Rogério Marinho

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN