PARTICIPE DE NOSSAS AÇÕES TRANFORME E SUA CONTRIBUIÇÃO EM UMA AÇÃO SOCIAL - DOE QUALQUER VALOR

CONTRIBUA: 9314 ITAU - 08341 2 NUMERO DA CONTA CORRENTE - deposite qualquer valor

FAÇA UM GESTO DE CARINHO E GENEROSIDADE DEPOSITE EM NOSSA CONTA CORRENTE ITAU AG; 9314 C/C 08341 2

CONTRIBUA QUALQUER VALOR PAG SEGURO UOL OU PELA AG: 9314 CONTA 08341 2 BANCO ITAU

quarta-feira, 28 de março de 2012

JOVENS VIVENDO COM HIV E AIDS

RNHAJVHA
Solidariedade
19/03/2012
Jovens vivendo com HIV/aids lançam vídeos em solidariedade
a Lula e Gianecchini
Solidariedade. A palavra que define o movimento de luta contra a
Aids é também uma denominação de compromisso com o próximo.
Compromisso que a Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo
com HIV-Aids (RNAJVHA) tem com todos aqueles que se sensibilizam
para acabar com o preconceito e melhorar a qualidade de vida das
pessoas que vivem com a doença. Dois exemplos de sensibilidade à
causa são o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e o ator Reynaldo
Gianecchini. Em agradecimento à contribuição dessas duas
personalidades, a RNHAJVA lançou uma campanha em solidariedade
aos dois, que hoje lutam contra o câncer.
A campanha consiste em dois vídeos que levam uma mensagem
positiva ao ex-presidente e ao ator. Nas duas peças o coordenador
nacional da Rede de Adolescentes e Jovens, José Rayan, agradece o
apoio das duas personalidades às pessoas que vivem com HIV e Aids
no Brasil. “O Lula e o Gianecchini foram extremamente importantes
para o movimento de Aids, tanto no que diz respeito às políticas
públicas de enfrentamento da epidemia, quanto no combate ao
preconceito e à discriminação”, diz o jovem de 19 anos e que vive
com o vírus desde que nasceu.
Lula foi o primeiro presidente brasileiro a receber os jovens vivendo
com HIV e Aids. O encontro aconteceu durante o lançamento da
campanha do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, no dia 1° de
dezembro de 2010, em Brasília (DF). Na solenidade, Lula ouviu as
demandas dos jovens soropositivos e afirmou que o preconceito seria
a doença mais danosa ao ser humano.
Gianecchini foi uma das celebridades que participou, em 2010, de
exposição organizada pelo Departamento de DST, Aids e Hepatites
Virais do Ministério da Saúde, na luta contra o preconceito. A mostra
“Somos Iguais” reuniu artistas e 15 jovens vivendo com HIV/aids,
com idade entre 17 e 27 anos, em imagens de abraço e beijo,
representando proximidade e solidariedade. O trabalho, cujo objetivo
foi demonstrar que amor, carinho e respeito não transmitem aids,
resultou numa exposição itinerante que percorreu, em 2011, as
cidades de Brasília (DF), Fortaleza (CE), Balsas (MA), João Pessoa
(PB), São Paulo (SP), Manaus (AM), Belém (PA), Cascavel (PR),
Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC) e Itajaí (SC).
Durante a produção de fotos, o ator gravou um depoimento falando
sobre a importância da prevenção ao HIV-Aids. Na época, ele ainda
não sabia que estava com câncer.
Os vídeos em solidariedade ao ex-presidente Lula e ao ator Reynaldo
Gianecchini estão disponíveis no site da RNHAJVHA e foram gravados
com o apoio do Departamento.

MIDIAS SOCIAIS COMPARTILHA...

Gostou? Compartilhe !!!
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

visitantes diariamente na REDE MANDACARURN